(62) 3092-2724 / 3295-7487 vendas@goianiatubos.com.br
Escolha uma Página
divi wordpress theme

Você sabe qual a importância da manutenção industrial?

Quem atua em qualquer área dela sabe muito bem a importância do EPI (Equipamentos de proteção individual), não é? Com o cotidiano acelerado em que vivemos, alguns líderes e gestores acabam deixando de lado fatores importantes como a manutenção destes equipamentos. Afinal, se não cuidarmos do perfeito funcionamento, a função de segurança destes equipamentos poderá estar comprometida.

Deste modo, para evitar qualquer tipo de acidente no local de trabalho, o uso e manutenção do EPI’s são vitais. Cuidados como armazenamento adequado, zelo com a limpeza e um treinamento eficiente, fazem a diferença no processo de segurança das empresas. Leia o post abaixo para compreender melhor.

Saiba como prevenir custos com acidentes e os reduza

Quando temos peças e equipamentos que não tem uma manutenção feita como se deve, os riscos de processos por acidente no trabalho, imperícia e negligência podem aumentar bastante. Um risco que preocupa vários profissionais de segurança do trabalho, afinal são responsáveis pelo cumprimento das normas de segurança, evitando custos com indenizações, além de ter a segurança do seu funcionário que é o mais importante resguardada.
Outra fator importante é em alguns casos da isenção de alguns tipos de pagamentos de adicionais de insalubridade, já que toma as devidas precauções para que isso seja resolvido. Esse adicionais que variam de 10% até 40% a mais para o trabalhador que estiver enquadrado em situação igual. Mas, com o uso correto dos EPI’s esse tipo de perigo, pode ser simplesmente eliminado, reduzido, ou até neutralizado. Ou seja, seguir todas as regras pode ser ainda mais lucrativo do que não o fazer.
Ganhe mais tranquilidade e impeça acidentes na sua empresa.

Não faz sentido ter os EPI’s, se não existe uma manutenção, isso pode afetar diretamente a segurança dentro da empresa. “Para um trabalho em altura seguro, por exemplo, é fundamental verificar as condições dos cintos de segurança, sistemas de ancoragem, trava quedas retrátil, dentre outros. Imagine permitir que um funcionário use itens desse tipo com o prazo de validade vencido, data de manutenção preventiva ou certificação vencida? Se não houver organização, isso poderá acontecer facilmente, correspondendo a um risco enorme de acidentes e passivos”.

Até mesmo, coisas simples como protetor solar podem fazer muita diferença, já que os raios solares podem ser prejudiciais em alguns momentos do dia, podendo causar câncer de pele. Ainda existem vários outros motivos, pelo qual seria extremamente positivo, como a melhora de relacionamento com seus funcionários e colaboradores, ao mostrar que existe uma relação de cuidado com seu time interno. Tornando até mais fácil seu engajamento dentro da ideologia da empresa.
Você pode aumentar a produtividade. Um dos fatores que ajudam nos argumentos para que os gestores tenham uma mentalidade aberta a manutenção é o aumento da produtividade do seus funcionários.

Com uma política ativa de segurança no trabalho e a manutenção correta dos EPI’s, a quantidade de afastamentos e licenças deve diminuir, ocasionando mais tempo produzindo e consequentemente gerando valor para a empresa. O que facilita também para o gestores na organização de um cronograma onde mudanças de cenário ocorrem com uma frequência mínima.
Um exemplo, seria um trabalhador que usa um protetor auricular com defeito. Com o tempo ele poderá a desenvolver e sentir sintomas de perda de audição. O que resultaria provavelmente em um afastamento que traria prejuízo financeira para a empresa, além de piorar a saúde de um profissional. se este tipo de coisa começa a ser recorrente pode afetar diretamente no fluxo da empresa.

Conheça nossa linha contra incêndio clicando aqui e deixe sua empresa dentro das normas!

Tome cuidado com a durabilidade dos EPI’s.

Deve-se ter muito cuidado com conservação dos equipamentos, pois quando requisitados devem ter o desempenho esperado, não havendo falhas. A qualidade do EPI conta muito neste momento. Quando eles não são devidamente guardados e higienizados conforme as recomendações do fabricante. ela poderá sofrer danos antes que seu prazo de vida útil tenha se extinguido. O que não é interessante para a empresa, já que haverá mais gastos para a reposição destas peças.

Abaixo, confira algumas orientações sobre limpeza e armazenamento:

  • Não utilize produtos abrasivos nem corrosivos para limpar seus EPIs;
    lave os EPIs com sabão neutro;
  • Deixe o equipamento secar na sombra, uma vez que os raios solares podem provocar rachaduras;
  • Verifique se o EPI está completamente seco antes de guardar, já que a umidade favorece a proliferação de bactérias.

 

Veja dicas de como fazer as devidas supervisões

Durante a semana, com vários compromissos é natural que muitos gestores acabam deixando de lado, ou esquecendo mesmo de tomar as providências para que esta manutenção acontece de forma regular e satisfatória, dentro da legislação. Como a falta de tempo afeta diretamente as ações dos gestores, uma planejamento se torna essencial para que tudo ocorra da melhor maneira possível.

Em um cenário onde o tempo é escasso e sua atenção deve ser voltada com muito cuidado com aspectos de segurança, estar atualizado é sempre fundamental. Fique ligado!

Usufrua da tecnologia

Hoje em dia muitas ferramentas pode auxiliar de forma significativa a manutenção destes equipamentos, sabendo a importância da manutenção industrial. Se for o caso, é importante ver a viabilidade entre o sistema da sua empresa e o sistema de gestão que pretende usar. Nesse caso, a gerência e supervisão pode ser toda automatizada, com informações coletadas de forma simples entre as plataformas, cliente e fabricante.

Ao selecionar o provedor desse sistema, tome alguns cuidados para que nenhum dado fique de fora.

Conheça algumas tecnologias que poderão ajudar a você na manutenção industrial!

O ideal é que as fichas de controle digitais tenham os seguintes conteúdos:

  • Nome da empresa e do colaborador;
  • Data de compra do EPI e o término de sua validade;
  • Data de saída e de devolução de cada item;
  • Número de certificado e de aprovação;
  • Recomendações do fabricante;
  • Assinatura do responsável pelo EPI e do funcionário que vai usá-lo;
  • Espaço para anotar acidentes, intercorrências ou quaisquer anormalidades.

 

Supervisão periódica

Caso a opção seja, ser feita da forma mais usual, é preciso manter uma frequência onde problemas e rotinas possam ser feitas de maneira mais tranquila e natural. Como será feita de forma manual, o cuidado e a disciplina devem ser observados ao máximo.
Sem mencionar a importância de um cronograma e uma política de supervisão séria e que visa resolver e antecipar os possíveis problemas. Assim, até a apuração de problemas e análise de meios de evitá los futuramente pode ser feito de forma mais processual. E em caso de processo jurídico, isso também ajuda na defesa e no desenrolar do caso.

Fique ligado antes de usar os EPI’s.

Uma boa forma de antecipar problemas de forma mais imediata é o teste antes do uso dos materiais. Muitas vezes um simples teste pode ajudar a dizer se aquele equipamento está apto para o uso.
Você deve ter percebido que o uso e a manutenção dos EPI’s são estrategicamente essenciais, pode-se dizer até que são fundamentais.

Mas e aí? O que achou sobre a importância da manutenção industrial? Deixe um comentário para saber se nossos posts estão ajudando vocês! Precisando de tubos e conexões, fale com a gente.

1 Comentário

  1. Goiânia Tubos

    Comente abaixo, sua dúvidas e outras informações que não colocamos aqui!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *